Musicoterapia

Especialização Lato Sensu em Musicoterapia

A música está presente no quotidiano do individuo desde o seu nascimento, passando pelo meio cultural e social em que está inserido, permeando a própria história da humanidade.

Em Musicoterapia, a canção se apresenta como uma ferramenta expressiva e um veículo facilitador para a liberação dos conteúdos internos.

A composição musical analisada por meio da resolução de problemas em atendimentos de Musicoterapia pode contribuir para exercitar a consciência musical dos pacientes, colocar em práticas conteúdos já aprendidos e estimular sua autoexpressão.

Implicações da Musicoterapia no trabalho de Priscila Andrade Psicologia e Consultoria

• Preparação para a atuação na área profilática, social e com pessoas portadoras de necessidades especiais, utilizando o elemento da música como
ferramenta de trabalho terapêutico.

• Integração, a partir do desenvolvimento do potencial sonoro-musical existente em cada um, para utilizá-lo em prol da melhoria da qualidade de
vida da sociedade.

Benefícios da Musicoterapia

A musicoterapia é cientificamente comprovada como um meio de estimular regiões do cérebro, promovendo melhoria na qualidade de vida, gerenciamento do stress e expressão de sentimentos.

Diversos estudoss corroboram resultados positivos da utilização da musicoterapia como instrumento de mudança e desenvolvimento de potencialidades.

A música estimula mudanças nas áreas cognitivas e motoras, de modo que o uso terapêutico por profissional qualificado pode impactar de forma muito positiva na postura/comportamento dos envolvidos.

 

Por que considerar a musicoterapia no atendimento psicológico?

Pesquisas científicas mostraram que a música age diretamente na região do cérebro responsável pelas emoções, aumentando a produção de endorfina,
conhecido como o hormônio do prazer. 

Aos poucos, a técnica vem sendo utilizada em escolas, hospitais, no tratamento de pessoas com necessidades especiais, durante a gestação e em lares de idosos. 

É importante que o tratamento seja conduzido por um especialista. Existem pesquisas que comprovam que em alguns casos, o tempo de internação é abreviado em hospitais que adotam a Musicoterapia para auxiliar no tratamento de seus pacientes.

Ficou interessado?

Fechar Menu