Ansiedade tem cura? 10 Dicas para Vencer a Ansiedade

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Você sente que o ano passa cada vez mais rápido? Que acordou e mal sentiu quando o dia acabou e chegou a hora de dormir?

A vida é breve e, por isso, devemos valorizar cada momento e dedicar nossa atenção ao “agora”.

Ansiedade tem cura e isso é comprovado pelos diversos cases que orgulham a história, de personalidades que usaram momentos desafiadores para superarem a si mesmo e inspirar os demais.

Quantos vencedores não surgiram a partir das dificuldades?

Um dos caminhos é ser autor da sua história e gestor dos seus pensamentos. Como?

1. Autoconhecimento

Ninguém é, nem precisa ser, perfeito. Mapeie as suas principais fraquezas psíquicas. Conhecer a si mesmo é o primeiro passo para entender como acontece a autossabotagem.

2. Consciência

Exerça o senso crítico e questione veementemente aqueles pensamentos que minam seu bem-estar.

Tenha consciência que muitos desses pensamentos são resultados de fenômenos inconscientes.

3. Opinião

Forme suas próprias opiniões em vez de aceitar plenamente e sem contestar as opiniões alheias.
Cada ser humano possui uma bagagem de vida única, o que resulta em um produto autêntico e genuíno das próprias experiências.

4. Qualifique pensamentos

Abrace pensamentos construtivos que despertam o melhor de si em detrimento daqueles pensamentos que causam sofrimento e angústia.

5. Gerencie pensamentos

Não permita que pensamentos destrutivos dominem a sua mente. Substitua teses negativas por afirmações positivas. 

6. Recicle a genética

Também somos produtos de experiências sob as quais não tivemos controle, conteste influências genéticas como competição predatória, agressividade e instintos que talvez tenham sido condicionados mas que podem (e devem) ser substituídos por valores elevados.

Abandone o que talvez tenha sido erroneamente influenciado para assumir a postura que realmente permitirá que você alcance a vida que deseja e merece. 

7. Diálogo

Máquinas podem ser manipuladas por meio de manuais, mas pessoas envolvem um poder superior de interações, compreensão e conexão através do diálogo.

Desenvolva continuamente sua capacidade de ouvir antes de falar, propor em vez de determinar e negociar em vez de impor.

8. Resiliência

Abandone a autopiedade e vitimismo, enxergando seu futuro como uma consequência natural das escolhas que são feitas no presente.

Foque em transformar o presente no melhor que puder.

9. Reação

Pense cuidadosamente antes de agir, não sendo escravo de respostas imediatas.

Frases como “silêncio também é uma resposta” ou “sábio se cala quando o tolo discute” podem ser percebidas como reflexos dessa premissa.

10. Mindfullness

Esse termo vem conquistado cada vez mais presença em resposta a um dos maiores males do século: a ansiedade.

A “atenção plena” posiciona o indivíduo como autor de sua história, vivendo o presente.

Aproveite cada momento da sua vida, explore as possibilidades, converta problemas em possibilidades de desenvolver novas competências, amando cada oportunidade que for apresentada.

Isso naturalmente blindará o autofluxo de pensamentos pois o seu foco estará centrado no presente.  

Priscila Andrade é Psicóloga em Moema – SP. Psicóloga Clínica, Psicoterapeuta Abordagem Humanista Centrada na Pessoa. Atendimento presencial e online. Com quem você conversa sobre a vida? Interessado em um olhar profissional e imparcial para as suas reflexões? Conheça mais o meu trabalho através do site e entre em contato para agendar uma consulta.

Para dicas de como escolher um psicólogo e por que se consultar, continue a leitura em: Como escolher um psicólogo e por que se consultar.

Busca

Categorias do blog

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Curta nosso Facebook

Siga nosso instagram

Últimos Posts

Fechar Menu